CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Amor de sobra





Eu sou sobras...
Sou feito inteiramente dos excessos.
Vivo no balanço, tentando me desfazer do que trago
em meu congestionado peito, mas nada consigo deixar
 ir embora. Agarro com força minhas pequenas coisinhas desimportantes.
Tenho o peito inflamado de coisas bem vindas para doar,
 mas é em quantidade abundante, poucos estão preparados para receber.
 Amor de sobra, esse é meu defeito?

Josimar Sousa

26 Comentarios:

Jaqueline disse...

Ai que lindo!!!Bem escrito

Amor de sobra...*-*

Bruna Mendez disse...

Não é defeito, mas é o meu também, amor de sobra.
Ótimo isso

Elmo Freitas disse...

Pois é!
Falou em sentimentalismo... Fele com Mazes!!!
parbeens, meu caro!!!!

Mente Iusionista disse...

Mto bom Mazes!! Seus textos atingem profundamente os nossos sentimentos!

Francielly Mélo disse...

Parbéns Mazes!! Você escreve muito bem; mais Amar não é defeito!! Séria um defeito se você não ama-se!!

Guilherme Bayara disse...

Também não acho que seja de sobra...
Tlavez apenas amor de verdade, o problema mesmo é que as pessoas não estão prontas para receber...

Também possuo "amor de sobra"

IG TRUE LOVE <3 disse...

Parabéns, belo Post.
Adorei o Sentimentalismo que voce colocou aqui.
Ta de Parabéns !

Da uma passada
http://igtruelovephotos.blogspot.com/

Pobre esponja disse...

Creio que amo demais, eu tenho certeza pela intuição... mas se alguém falar que sou carente, tenho lacunas, não vou achar ruim... é relativo.

abç
Pobre Esponja

thiago disse...

Mas... o que é o amor?
Será que esse sentimento não está muito vulgarizado?
Será que todos falam nele, mas poucos o conhecem?
------
Parabéns pela exposição dos seu sentimentos em textos!
------

juliana disse...

Belo!!!
Tocou a minha alma!

F-29 disse...

Muito bom o poema ! O sentimento humano e sua complexidade sempre são bons !

Mandy disse...

Lindo texto!!!

*-*

Mas acho q quanto mais amor melhor, não é mesmo??? Amar nunca é demais!
Se puder passa lá no Sook depois.
BjO

Cayo Nauan Siqueira disse...

Cara nem quero comentar, pq qualquer comentário tira a grandeza do texto!!!

Parabpens!

Fernando Moreira disse...

Arrepiei lendo esse post *-* Tocou fundo mesmo, eminha reação foi 'nossa' sem dúvidas, rs. Parabens.

Deyris Almeida disse...

Amei o post. Amor de sobra tamb é meu defeito!

Mariana disse...

PARABÉNS PELO SEU BLOG, MUITO INTERESSANTE.

Daniel disse...

Gostei do poema, parabéns!

http://www.e9adm.com.br

MENINA LESBICA disse...

Nossa que texto lindo!
que leveza!
adoravel.

to seguindo!

negaodafavela123 disse...

Já dizia um cara: "O amor é o sentimento dos seres imperfeitos, posto que a função do amor é levar o ser humano à perfeição. Como são sábios aqueles que se entregam às loucuras do amor!"

(Joshua Cooke)

Alex disse...

mto bom, gostei do blog...
voltarei com certeza...

Admin Futebobeiras disse...

muiro bom
o amor de sobre
gostei muito dos textos aqui escritos
estamos seguindo

siga-nos também
http://futebobeiras.blogspot.com/
abraços

Luana Eckert disse...

Gosteei do blog *-*
seguiindo ;D

http://midnight--illusions.blogspot.com/
me segue tb :D

Peterson Nemesis disse...

adorei o poeminha
=D

www.peideipesado.blogspot.com

manoel leonam disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mazes disse...

Não sei se é nescessário comentar sobre a postagem, mas faz algum tempo que eu gostaria de agradecer aos que leêm o que escrevo.

Sinceramente, nunca perdi tempo tentando classificar qual é meu tipo de escrita. Escrevo porque preciso. Vou jogando as palavras, elas é que fazem tudo por mim.

O que talvez me diferencie de outras tantas pessoas que escrevem é que eu sou profundidade e não superfície.

Muito obrigado!

Mazes

MALUCO disse...

Vc tem uma excelente facilidade para expressar sentimentos em palavras!
Parabéns!

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião