CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Dedique



Suas Palavras
Seus Gestos
Seus Olhares
Seus Sentimentos


Deixam de ser


Depois de ditas
Depois de realizados
Depois de lançados
Depois de sentidos


São dos que recebem


Pelos seus lábios
Pelo seu corpo
Pelos seus olhos
Por seu coração


Tudo que com amor
Um dia deixou de ser teu.


Maria Cleide

12 Comentarios:

Karla Hack disse...

Delícia de Ler o seu poema..
Linda mensagem!
;D

Rildo Junior , disse...

Muito bom o poema, parabéns, o blog é muito organizado e o layout é bom, vou ler outros posts com certeza .

Mayara disse...

Seu blog é muito lindo e organizado!
Adorei o poema, muito agradável, parabéns *-*
Simples e direto, haha!

N@aty disse...

Nossa...com toda sinceridade do mundo, nunca me senti tão anestesiada em ler um poema como me senti agora.

Parabéns pela sutileza e simplicidade usadas nas palavras.

Abraços

D. Delarge disse...

ao ler, me veiu lagrimas nos olhos... muito bonito.... cleide nunca me decepciona...

Anônimo disse...

Excelente! faz tempo que vi algo tão belo!

Nice - Bela Vista - Vitória - PE

Júlio C. disse...

muito legal, gostei mt da tua poesia, sério msm.

Srta Maah disse...

Gosteeeei do texto, do blog, da organização.. Parabéens..

James Rocha disse...

Gostei geral desse texto, creio que tem um esquema de escrita organizado nessa forma, porém o nome eu não lembro :/

http://questaoderaciocinio.blogspot.com/

Elmo Freitas disse...

Não tenho nem o que comentar... simplesmente perfeito!

juliana disse...

Lindo!
Parabens

Magda Albuquerque disse...

Minha Cleidoca, arrasando, como sempre \o/

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião