CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O Cranco em Mim


Não sei que cranco deu em mim,
Mas ontem à noite, eu saí com uma prostituta.
Não sei e nem me lembro, se (eu)
Estava bêbado, drogado ou se era apenas
Loucura, mas ontem eu saí com uma prostituta!

O pior é que... ou seria o melhor?
... lhe fiz juras de amor,
Prometi mundos e fundos, como dizem por aí;
Casa, comida e roupa lavada.

Será que ela acreditou?

Não lembro com clareza,
Mas, era uma bela jovem (eu acho),
Pernas grossas, seios fartos e um olhar sarcástico.
Uma profissional com título de doutorado em prazer

Não sei se foi bom ou ruim
Os momentos que estive com ela,
Como também não sei se estava
Bêbado, drogado, ou se era apenas loucura,
Mas ontem à noite deu o cranco em mim
E eu saí com uma prostituta!

Elmo da Vinci Zaratustra

14 Comentarios:

Anônimo disse...

Legal... principalmente qdo vc fala em cranco pq
de certa forma sugere um duplo sentido, ou variações linguitas regionais. Afinal, no nordeste a palavra "cranco" , além de doença, tbm é uma expressão popular!.

(Diego/ Mineiros - GO)

Guilherme Bayara disse...

Diferente o poema. não sei bem o que escrever
eu simplesmente adorei

Mente Iusionista disse...

Boa reflexão...
se vc nao tava bebado, drogado, nem louco...
(...)
o mais provavel é estava sonhando!

Muy bom!!!
parabéns!

f� clube metropolitana fm 107,1 disse...

Nossa!
essa eh a segunda poesia que vejo nesse blog
q fala sobre prostitutas. Vcs tem uma relação muito forte com elas, né?!
rsrsrsrs

Muito legal essa!

Mazes disse...

Eu gostei. Criativo!

Gostei muito das [???]

Karina Kate disse...

Gostei, e me pareceu mais uma outra mulher do que uma profissional do sexo...
bjos

Rogerio disse...

belo relato...em poesia...esta de parabens...

Anônimo disse...

Já dizia Nelson Rodrigues: "A prostituta só enlouquece excepcionalmente. A mulher honesta, sim, é que, devorada pelos próprios escrúpulos, está sempre no limite, na implacável fronteira."

Muito boa sua poesia!
Você e "os confundidos" estão de parabéns!!!
Adorei a proposta de vocês!!

>> Hellen - Petrópolis - RJ

corarts disse...

Caramba, Elmo!!!
tais com tudo hein!!?!
Muito bom!!!
Abraços!
dá uma passada aqui, né?!

D. Delarge disse...

Hoje em dia uma prostituta tem mais dignidade do que um politico...

muito bom meu velho...

juliana disse...

Concordo plenamente com o que D. Delarg disse: Hoje em dia uma prostituta tem mais dignidade do que um politico... [2]

No Mundo de Lua disse...

Já deu o cranco em todo mundo pelo menos uma vez na vida, normal.
A boa notícia é que cranco mole e cranco duro... tem cura!!!! (se tratado no início) rsrs

Inteligente o poema, adorei!

Sr.luck disse...

Maneiro esse poema,muito bem feito.

Anônimo disse...

Em Gravatá,na minha terra natal,o cranco se escreve com "u"

Crancu.

Que confusão do cranco(u), hein!

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião