CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

As cores da alegria


Pintei a cara com as cores da alegria


E esqueci a pose, desprezei os aplausos e os impulsos.
Eu coloria minhas mãos e saltei alto rumo ao que é bom.
Eu estou ressurgindo! Ah, tem coisa mais perfeita a se dizer que isso?

Sereno e belo, como sempre fiz, como era de se esperar!
As coisas estão tomando formas, cores,
tudo parece mesmo está voltando para o lugar de origem.
‘... E quem pode comigo quando eu digo tudo o que sinto?’ "

Quando veio a esperança, eu acreditei, quando me encantaram,
experimentei, quando veio avisos, dissimulei,
quando em fim apareceu a dor eu não me fiz de durão, eu chorei!
Chorei o suficiente para encher uma caixa d’água,
suficiente para inundar essa cidade que não é banhada pelo mar,
mas o tempo é rei e agora vislumbro ao longe a esperança a me acenar
bandeira branca do lado de lá.

Já meio que tímido se esboça um sorriso de canto de boca no meu rosto,
porque tudo veio do amor e tudo pede amor.
Eu é que não sirvo pra quem vive pela metade.

Josimar Souza - Mazes

14 Comentarios:

jose.maffei disse...

Texto excelente, bem no estilo "prosa poética", que acho um gênero muito interessante e pouco explorado atualmente. Passa lá também: www.zedamooca.zip.net

juliana disse...

Lindo!!
amei!
Vc escreve com os sentimentos!!
parabéns!

[JUJU]

claudinha disse...

Parabéns!

Vc escreve com os sentimentos [/2
e tudo isso me tocaa!

Gu & Valves disse...

Muito bonito cara...
De boa msm, parabens.

Comentado !
Retribua e seja feliz :D
Visite meu blog !
se póssivel, de o comentario
no lugar em que fica o contato,
lado direito do blog.
pegandogeral.tk/
/
www.pegando-tudo.blogspot.com

by: GU =D

yanco disse...

olha... poucos blogs se encontrma com textos tão bons... continuee assim!!!!

AtReViDo disse...

Muto introspectivo, adorei. Sucesso. Abs...

Ysabella disse...

Você escreve lindamente!

D. Delarge disse...

Como sempre, profundo meu velho...

MALUCO disse...

olha... poucos blogs se encontrma com textos tão bons... [2]

Gabriel Alex disse...

Muito bonito isso, mas você conseguiu me confundir... rs

Pobre esponja disse...

Viver pela metade é confuso e relativo. Como sabermos se estamos vivendo na totalidade, se isso é subjetivo? Confuso, não? Mas a gente bloga pra confundir mesmo, é isso aí!

parbns pelo blog
abç
Pobre Esponja

Elmo Freitas disse...

Como sempre: uma perfeita ordem psicologica!

Anônimo disse...

Vc escreve com a alma brother!
pouco são os homens na conteporeinadade que expressam seus sentimentos!!
Parabéns!
(Heráclito)

Rogerio disse...

belo poema... palavras sabias...com sentimentos...

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião