CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Água



Dar-se a forma tão atrita
De um elemento sutil
Corres montes, pedras, britas
Como um elemento vil

Tens na alma a natureza!
Nos teus vasos corre ardente
O sangue azul das realezas
Porém verde e inerente

És mais velha que o pecado
Mais jovem que o céu e a terra
Turvas tua cor é amarelo astato
Puras és límpida, duma transparencia que aterra


Tua fonte é inexaurível
Tua experiência inexpugnável
Teu corpo inextinguível
Teu antepassado inescrutável
Tua perda inexcedível
Tua necessidade... inexplicável.

Lua Jeniffer

21 Comentarios:

Rogerio disse...

belas palavras sobre a agua que cada dia estas mas escasso...gostei do poema...

André Seyffert disse...

Poema muitO bom mesmo! adorei!!
não tem tema melhor do que a natureza!!

abrasss

http://byseyffert.blogspot.com/

juliana disse...

Essa ultima parte do poema ficou sensacional!
Muito bom!!!
Parbens!!!

Elmo Freitas disse...

"A natureza é o único livro que oferece um conteúdo valioso em todas as suas folhas."

(Johann Goethe)
.
Lua Jeniffer, e sua comunhão com a natureza!
Parabéns!

D. Delarge disse...

Muito bom... meus parabens...
um tema que deve ser lembrado sem duvida...

Mazes disse...

Que água não nos falte e que nunca nos falte também a sede de viver.

thiago disse...

Mazes foi fundo com essa frase!

Parabéns pelo poesia!

Vestibulando disse...

Parabéns, muito bom.
Principalmente este trecho:
"Tua fonte é inexaurível
Tua experiência inexpugnável
Teu corpo inextinguível
Teu antepassado inescrutável
Tua perda inexcedível
Tua necessidade... inexplicável."

Parabéns pelo blog

www.blog.maisestudo.com.br

Abs.

Caio disse...

Sensacional!
Parabéns, sucesso ai.

Minerva disse...

Adoreiii
Muito lindo mesmooooo *.*

Diogo Freitas Zumak Passos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Plugado disse...

Adoro a linguagem usada pelos poetas. ficou otimo.

visite quando puder meu blog.
www.fiqueplugado.com.

Conspiração Ideológica disse...

Poema forte e sensível ao mesmo tempo!! E extremamente pertinente, visto o que está acontecendo na conferência de Copenhaguem... Excelente proposta de ser um lugar aberto aos escritores... Esse blog parece um daqueles pontos de encontro em que os escritores se aprimoram pelo contato mútuo, onde podem trocar suas experiências e obras sem medo. Embora não possua o talento dos que aqui escrevem, estarei acompanhando e seguindo sempre. Aliás peço desde já permissão para adicionar ao meu blog o link daqui na seção ´Blogs que eu acompanho´.

Erikαlicious disse...

Ai que lindo!
As vezes eu paro e fico pensando também sobre a água!
Que elemento divino!

Bella Fowl disse...

Lindo. Você é um excelente poeta, parabéns.

Nova Quahog disse...

TUDO DE BOM!

Michael Levesque disse...

Não sou muito bom em interpretar esse tipo de texto mas parece estar bem escrito
vlw

¬Garoto do Blog¬ disse...

Lindoo!

catrak disse...

Opa i ai beleza tipo vi seu blog em uma comunidade, tipo pq vc não cria um dominio profissional gratis para o seu blog tipo com isso o google indexa melhor e vc ganha mais visitas, tipo si quiser da uma olhada no tutorial segue ai o link: http://www.artilhariadigital.com/2009/11/tutorial-configurando-um-dominio-cocc.html

THALES disse...

nossa, muito bom :D!!! adorei as rimas, perfeito =)

Pobre esponja disse...

Vivemos no planeta água (4/3 de água). Também somos mais água que outra coisa. Ou seja: viva a água - que é deliciosa, por não ter sabor; e linda, por nao ter cor.

abç
Pobre Esponja

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião