CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Poeta Pródigo


Quando um ator se cansa do seu personagem
Ou um rei entrega sua majestade
Vai-se um poeta, enfadigado da rima que nasce
Pelo mundo procura razões, motivos pelo qual existir
Descobre que existem pessoas
agindo como andróides
Que não transmitem o que entendem de si
Que são programadas pelas antenas de TV

Não questionam nada...
Viver é apenas ter
Ter algo para afirmar que ter é o mesmo que ser.

Esbanjei toda minha alma
Tentei tamponar meu vazio
Conheci todo tipo de arte
Troquei meu cavalo alado,
Por um pangaré mal trapilho

Troquei minha carruagem de fogo
Minha roupa invisível
Minhas amadas metáforas
Para comer com os porcos:
Hipocrisia e falsidade

Mas como um escrivão do coração
Que precisa escrever o que sente
Retorno ao seio da minha mãe
Para saciar-me com aquilo que mais gosto:
Pensamentos vivos nos desenhos das palavras
Um código para cada sentimento
A poesia, definitivamente, é o que me faz feliz!


Lua Jeniffer

23 Comentarios:

Andresa disse...

Nossa! FAscinante esse poema...Muito profundo e cheio de verdades... Gostei muito do seu blog, que passeio gostoso entre um post e outro! Parabéns!

Erzsébet disse...

Muito bom; entendi a poesia como uma saida para a caverna de platão. Adorei o poema, mais uma vez, um belo trabalho!

Flaemmchen

Caetano Lorenzetti disse...

Muito bonito o poema. Gostei muito do layout do blog, bem organizado com duas colunas e cores que não pesam a vista..
http://analisefc.blogspot.com/

Nivaldo Gomes Filho disse...

BROTHER MUITO BONITO SEU BLOG



TO PROCURANDO UM TEMPLADE DESSE POIS O MEU AS LATERAIS E MUITO FINA SE VC PUDER PASSAR O LUGAR AONDE VOCE CONSEGUIU ESSE AGRANDEÇO




VIREI SEGUIDOR DO SEU BLOG APROVEITA E DA UMA FORÇA LA NO MEU VLW


http://mundogospelradioon-line.blogspot.com/

Anônimo disse...

Quero comentar com um pensamento de Karl Marx:

"Os homens fazem a sua própria história, mas não o fazem como querem... a tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos."

Parabéns pelo blog.

(Pedro Sampaio - AM)

Luanne de Cássia disse...

Me fascinastes agora!
Sim, somos tantas vezes feitos marionetes.
Não criticamos
nao pensamos
só vivemos por viver!

Linda crítica/poema
beijos

ϟ Fefα ... disse...

Proofundo :x . :]

David Augusto disse...

Muito bonito!!!
Parabéns pelo blog =]

---
http://www.portaldavid.blogspot.com/

juliana disse...

Impressionante. Sempre que venho aqui me surpreendo com a qualidade das obras publicas. Cada vez melhor.

E essa... sem palavras!
Uma perfeita crítica aos que se deixam manipular por tudo que veem e ouvem.

Abraços

Elmo da Vinci Zaratustra disse...

Lua, bastante pertinente seu poema.

.....
Por que nos rendemos a promessas repetidas?

Enclausuramo-nos em nossas gaiolas gigantes, em nossos egoísmos constantes e em nossa vontade única de mudar apenas o que é conveniente a nós mesmos?
Até quando seremos filhos de Deus?
Filhos dos homens?
Filhos da Sorte?

Até quando seremos fantoches de um mundo manipulador?

Até quando?

Rodrigo Ferreira disse...

Inusitado esse poema

gostei do seu blog

abraço

Verdelone disse...

Belíssimo visual do Blog....Muito show.... o meu perto do seu fica devendo e muito, mas eu chego lá...
Bom texto, abçs
Tô seguindo.
CIA DOS BOTECOS - www.ciadosbotecos.blogspot.com

Cantinho da andressa disse...

gostei do poema
to te seguindo
me segue tbm?
http://cantinhodeandressa.blogspot.com/

lperon disse...

mas é verdade... é mais facil alguem colocar coisa na sua cabeça do que pensar por si só.
Mas.. enquanto isso.. em terra de Cego quem tem olho é Rei.

http://bubuzela.blogspot.com/

antonio disse...

...."Troquei minha carruagem de fogo
Minha roupa invisível
Minhas amadas metáforas
Para comer com os porcos:
Hipocrisia e falsidade."


Disse tudo!
Não tenho o que falar. Simplesmente sensacional!

Ralf e Pri disse...

mas as vezes, pessoas que andam como androides, só são pessoas que nao entendem de si...

Pri
http://chibiquimera.blogspot.com/

blogattao disse...

nossa, muito bom, parabéns pelo trabalho

Jaqueline disse...

Nossa, achei lindo e profundo.
Muitas pessoas não questionam nada e imaginam q ter é mais importante do q ser.

parabéns!

D. Delarge disse...

esse é o mundo globalizado... hj conta-se o ser humano não como, mâes, filhos, trabalhadores, etc... e sim como consumidores. somos tdos consumidores e consumidos

corarts disse...

fantástico!
Parbéns! vc escreve muito bem!

David Aragon™ disse...

Belo poema, lírico e ao mesmo tempo engajado, com um certo tom de crítica social.

Gostei muito do layout do blog tb, parabéns!

CHINFRAS e TALS

Vc curte rock? disse...

Definitivamente, a poesia é um dom. Gostei dos simbolismos e das indiretas.

Macaco Pipi disse...

porra
esse ficou showw!

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião