CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Padrinho

Olha de escutar.

Antes de ir, toma, leva, é seu. Guardei pra você e por tudo, pela toalha na brecha do vidro quebrado em cima da porta, pelos pequenos favores, pelo carinho no pé, por se deitar comigo até que a graça me consumisse em sono profundo, pelos passeios, as tardes, os conselhos que de tão bonitos não me serviam. Por evitar todos os olhares que eram teus, pela mão quente que me conduzia. "Padrinho, cuidado, o buraco." Pequenos sustos pelo teu carinho, pelo teu cuidado, sempre. Agora vai.

Diadorim Sant'ana

8 Comentarios:

M. Araújo disse...

Como todo ciclo as coisas e as pessoas chegam e partem, estamos envolvidos nisso.Caso contrário o tempo de estar vivo não teria tamanha importancia.

Fredye disse...

Legal... são pessoas que vão formando as outras pessoas.
Vai gosta do meu blog.
http://pense-resista.blogspot.com/

Leandro Reis disse...

Tem ritmo. Muito bom.

Aline Cruz disse...

Muitooo bom... Adoreii...


http://entrelinnhas.blogspot.com/

Pontes disse...

Tudo realmente se vai e o máximo que podemos fazer é aprender a lidar com isso.

Macaco Pipi disse...

padrinhos mágicos?
tudo pode ser
é só ser a xuxa

N@aty disse...

Será que eu tenho padrinho?

Anônimo disse...

A Xuxa também costumava fazer favores sexuais, basta assistir "Amor estranho amor". No texto, há algo de sexual na relação "padrinho-afilhado" que foi tecida. "pequenos sustos pelo teu carinho" "por se deitar comigo até que a graça me consumisse em sono profundo" "pelos pequenos favores" "por evitar todos os olhares" "pela mão quente que me conduzia"... Olhando pela devassidão da rainha dos baixinhos tem haver com Xuxa.... quem sabe.... o Padrinho não é mágico, mágico, mágico mesmo!

Antulho Pinto, parabéns pelo blog!

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião