CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Anunciação


MARIA DO CÉU — Aquela porra daquela POMBA encheu o quarto de merda. Eu só quero ver o que José vai dizer. E o menino vai nascer com cara de quê? De Deus? De Pomba?

Vai nascer sem pai e filho da PUTA. E se nascer! Daqui a pouco a barriga começa a encher e a dar nos nervos. 

Ave cheia de desgraça! Tanta porta pra bater e veio arrombar logo a minha. 
Eu sou preta, meu barbudo é preto, e se essa PORRA nascer da cor da pomba? Por aqui não se cria.

Deus de mim, eu não agüento!

(Começa a se sentir mal, náuseas, ânsia de vômito. Corre, vomita)

Vai sair pela boca!
Vai sair assim, azedo. 

    (Pausa dramática, a cena caminha para uma loucura, descontrole )

    Foi uma pomba Zé, UMA POMBA ROLA!

10 Comentarios:

Anônimo disse...

Palavras bastantes fortes, talvez isso tenha dado ao texto uma beleza rudimentar. Pra ser sincera li várias vezes e não consegui entender bem a mensagem do contexto, talvez por isso acabei me Confundindo! rsrrs afinal essa é a proposta do blog, né?!
ss

Parabens!
Abraços
Maria Aparecida, RJ

Falando Sobre... disse...

adorei os poemas! incrivel a forma como vc fala da dor, do desespero.

http://falandosobreall.blogspot.com/

Anônimo disse...

É estranho, assustador, lindo! Anunciação... Maria do céu...A pomba do espiríto santo enchendo o quarto de merda é tocante... Parabéns pela qualidade do blog!

Tarcy Cabral

Elmo Freitas disse...

Palavras soltas.. excelente!

Anônimo disse...

No país da "Eleição do Aborto" o texto vai muito bem obrigado.

Mazes disse...

Muito bom.

Victor Pagani disse...

Bem no clima do momento haha Parabéns!

[]'s

Mah disse...

Oii querido! Para ser bem sincera, talvez eu não tenha captado exatamente o sentido que vc quis dar ao texto...vou reler!
Gostei mais de uma poesia ali embaixo onde vc fala do mundo..
Beijos

Anônimo disse...

Arte é coisa de sugestão, não de conceito. Deixa o conceito pra filosofia. Má!

N@aty disse...

Gostei das palavras bem expressivas!

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião