CONFUNDIR-SE É UM ERRO. CONFUNDIR É PRECEITO DE TALENTO INCOMPREENDIDO.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Apenas Palavras



Tenho tédio do sofrimento dos amargos
Tenho tédio das palavras mais insossas
Tenho tédio dessa vida estéril!
Tenho tédio dessa tal chatice...
Quero a satisfação dos voluptuosos!
Quero os delírios mais loucos...
Quero tudo àquilo que é demasiado
Quero a paixão!!
Quero poder gritar pelo o AMOR;
Quero algumas lágrimas em meu rosto...
Mas também QUERO...
Sentir o êxtase
Sentir o afago em meu corpo
Sentir um hálito quente,
E sentir sussurro em minha pele, e senti-la suar...
Quero tudo que me convém,
E tudo àquilo que não me convém... 

7 Comentarios:

Falando Sobre... disse...

lindo poema como sempre!
achei linda a forma como vc retratou a vontade de sentir

http://falandosobreall.blogspot.com/

**Brunah Isabelle =) disse...

ameei.. beem profundoo..!


http://the-blog-teenager.blogspot.com/

O Blogueiro disse...

Belissimas palavras, muito bom texto parabens.


O BLOGUEIRO

bia santos disse...

Existem momentos em que o tédio nos domina e parece que não vai nunca mais embora!

Danilo de Lima disse...

Palavras muito bem colocadas. O conflito entre o tédio e a vontade que temos de fazer as coisas e sair do tédio... muito bem exposto! =)

Quando puder, visite o meu último post: http://desquotidiano.blogspot.com/2010/11/solidao.html

joão victor borges disse...

QUERO O FERVOR DA MINHA ALMA.

http://anpulheta.blogspot.com

Franco Neves disse...

Tenho tédio dessa tal chatice...

foi a melhor, lindo poema.

http://sensonerdcritico.wordpress.com/

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)
.
Defenda sua opnião